CUT São Paulo sugere portais com informações para a democracia

Mídia tradicional não retrata a realidade brasileira

Escrito por: Vanessa Ramos - CUT São Paulo • Última modificação: 19/05/2017 - 17:15 • Publicado em: 17/10/2016 - 08:00 Escrito por: Vanessa Ramos - CUT São Paulo Publicado em: 17/10/2016 - 08:00 Última modificação: 19/05/2017 - 17:15

Divulgação

Todas as entidades e movimentos sociais devem ter direito à voz no Brasil, com espaço nas rádios, televisões e jornais. Mas, no país, os veículos de comunicação estão sob responsabilidade de apenas seis famílias (entre elas Marinho, Mesquita, Frias e Civita), que decidem como serão noticiadas as informações.

A CUT São Paulo é contrária ao modelo atual no qual se observa a manipulação dos fatos e entende ser urgente ampliar o debate sobre mídia no Brasil e a necessidade de uma lei que regulamente e coloque em funcionamento os artigos 220 ao 224, da Constituição Federal.

Os artigos da comunicação, aprovados em 1988, na chamada Constituição Cidadã, não foram transformados em lei. Eles poderiam controlar o monopólio e oligopólio nos meios eletrônicos de empresas e meios de comunicação, bem como impedir a concessão para políticos, entre outros, além de defender a pluralidade de opiniões e a diversidade cultural e regional. Ou seja, democatrizar a comunicação é preciso!

Clique aqui para assinar o Projeto de Lei de Iniciativa Popular da Comunicação Social Eletrônica (Lei da Mídia Democrática)

Dicas

A internet, neste sentido, representa um canal de diversidade e pluralidade de vozes. Nela não estão apenas os veículos tradicionais da grande mídia, mas também sites, blogs e canais, como a Rede Brasil Atual, a TVT, que retratam a realidade política, econômica e social com outro olhar: à esquerda. Há também as redes sociais, como espaço comum para que as pessoas possam expressar as suas opiniões.

Por isso, para compreender a conjuntura atual, a CUT São Paulo sugere alguns portais de informação aos internautas. Confira:

Rede Brasil Atual - www.redebrasilatual.com.br
TV dos Trabalhadores (TVT) - www.tvt.org.br
Brasil de Fato - www.brasildefato.com.br
Portal Vermelho - www.vermelho.org.br
Repórter Brasil - http://reporterbrasil.org.br
Carta Maior - www.cartamaior.com.br/
Conversa Afiada - www.conversaafiada.com.br

Fórum - www.revistaforum.com.br
O Cafezinho - www.ocafezinho.com 
Jornal GGN - www.jornalggn.com.br 
Tijolaço - http://tijolaco.com.br/blog/
Diário do Centro do Mundo - www.diariodocentrodomundo.com.br 
 
Le monde diplomatique Brasil - http://www.diplomatique.org.br
O Escrevinhador - http://www.revistaforum.com.br/rodrigovianna/geral/37912/ 

Título: CUT São Paulo sugere portais com informações para a democracia, Conteúdo: Todas as entidades e movimentos sociais devem ter direito à voz no Brasil, com espaço nas rádios, televisões e jornais. Mas, no país, os veículos de comunicação estão sob responsabilidade de apenas seis famílias (entre elas Marinho, Mesquita, Frias e Civita), que decidem como serão noticiadas as informações. A CUT São Paulo é contrária ao modelo atual no qual se observa a manipulação dos fatos e entende ser urgente ampliar o debate sobre mídia no Brasil e a necessidade de uma lei que regulamente e coloque em funcionamento os artigos 220 ao 224, da Constituição Federal. Os artigos da comunicação, aprovados em 1988, na chamada Constituição Cidadã, não foram transformados em lei. Eles poderiam controlar o monopólio e oligopólio nos meios eletrônicos de empresas e meios de comunicação, bem como impedir a concessão para políticos, entre outros, além de defender a pluralidade de opiniões e a diversidade cultural e regional. Ou seja, democatrizar a comunicação é preciso! Clique aqui para assinar o Projeto de Lei de Iniciativa Popular da Comunicação Social Eletrônica (Lei da Mídia Democrática) Dicas A internet, neste sentido, representa um canal de diversidade e pluralidade de vozes. Nela não estão apenas os veículos tradicionais da grande mídia, mas também sites, blogs e canais, como a Rede Brasil Atual, a TVT, que retratam a realidade política, econômica e social com outro olhar: à esquerda. Há também as redes sociais, como espaço comum para que as pessoas possam expressar as suas opiniões. Por isso, para compreender a conjuntura atual, a CUT São Paulo sugere alguns portais de informação aos internautas. Confira: Rede Brasil Atual - www.redebrasilatual.com.br TV dos Trabalhadores (TVT) - www.tvt.org.br Brasil de Fato - www.brasildefato.com.br Portal Vermelho - www.vermelho.org.br Repórter Brasil - http://reporterbrasil.org.br Carta Maior - www.cartamaior.com.br/ Conversa Afiada - www.conversaafiada.com.br Fórum - www.revistaforum.com.br O Cafezinho - www.ocafezinho.com  Jornal GGN - www.jornalggn.com.br  Tijolaço - http://tijolaco.com.br/blog/ Diário do Centro do Mundo - www.diariodocentrodomundo.com.br   Le monde diplomatique Brasil - http://www.diplomatique.org.br O Escrevinhador - http://www.revistaforum.com.br/rodrigovianna/geral/37912/ 



Informa CUT-SP

Cadastre-se e receba periodicamente
nossos boletins informativos.